Quanto vale meu negócio?

03/03/15

Quanto vale meu negócio é uma dúvida frequente. Geralmente surge quando o acionista resolve realizar seu investimento, seja vendendo parcialmente ou toda a empresa, quando a empresa está buscando recursos para novos investimentos e visualiza a venda parcial como alternativa de captação de recursos ou mesmo quando um elevado nível de endividamento deixa o fluxo de caixa tão comprometido, a ponto de não ser possível honrar os compromissos financeiros. Nesta situação, a venda do negócio costuma ser vista como a única saída para resolver a situação.

Os motivos podem ser os mais variados e toda empresa um dia irá se deparar com esta questão, quanto vale meu negócio? Quando isto ocorrer será importante compreender qual o perfil de comprador para seu negócio. Existem diversos perfis de compradores de empresas, dentre eles os Fundos de Investimento, Compradores Estratégicos e Investidores pessoa física.

Os Fundos de Investimento administram recursos de terceiros e utilizam o seu capital para comprar empresas quando visualizam que o potencial de valorização é elevado. Estes mesmos Fundos também entram em um negócio pensando na estratégia de saída, vão comprar mas depois vão vender pois este é o principal mecanismo que eles têm para gerar resultado para os seus investidores. Para os fundos o valor do negócio e o apetite para a aquisição estarão muito ligados ao potencial de valorização e uma clara estratégia de saída.

Outro perfil de comprador são os estratégicos, isto ocorre quando o comprador é uma outra empresa. Esta situação geralmente acontece quando a empresa compradora está interessada em como os ativos da empresa vendedora podem gerar ou destruir valor do seu próprio negócio. Na ótica de geração de valor, quando ocorre compra de uma empresa por outra, isto poderá ampliar a economia de escala ao otimizar estruturas, fortalecer marca, dominar novas tecnologias e competências, expandir em mercados que não atua, agregar EBITDA ao seu balanço. Na ótica de destruição de valor, uma compra pode evitar que margens se deteriorem em guerras de preço ou que a concorrência afete negativamente a sua participação de mercado.

Por fim, os Investidores pessoa física que também são responsáveis por parte das aquisições de negócio. Geralmente são investidores capitalizados que estão buscando diversificar seus investimentos em aplicações de economia real que não sejam apenas financeiras. Parte destes investidores buscam nestes investimentos uma alternativa de geração de resultados de longa duração. Por este motivo vão avaliar a solidez e perenidade do negócio. Outros Investidores pessoa física já possuem um comportamento similar aos Fundos de Investimento, investem quando o potencial de valorização é grande e também pensam na estratégia posterior de saída como forma de realizar o resultado do investimento.

Iniciar um processo de venda definindo qual o perfil de comprador adequado ao seu negócio e também procurando compreender como este comprador irá avaliar sua empresa, pode levar a um processo mais curto e bem sucedido, o contrário pode tornar o processo longo e sem bons resultados.

Clique aqui para fazer o download do ensaio em PDF.